quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Frida Khalo e Diego Rivera, um amor engajado!

(Frida Khalo e Diego Rivera - Foto: Bowes Museum)



Frida Kahlo (México, 1907 / 1954, México) e Diego Rivera (México, 1886 / 1957, México).

A arte mexicana, sua força, cor e latinidade uniu um dos casais mais icônicos do século 20. Frida Kahlo e Diego Rivera casaram-se em 1929 e apesar da diferença de idade tornaram-se um dos pares mais conhecidos do México e do Mundo, seja pelo talento artístico de ambos, seja por seus ideais políticos. A relação conturbada e apaixonada que mantiveram fez deles um casal passional e curioso. Frida conheceu muito cedo o sofrimento e a dor por conta de problemas físicos e sua união com o muralista traria mais sofrimento ao longo dos anos. Apesar das traições, de ambos, a devoção e amor de Frida por Diego pode ser comprovada através de um diário mantido pela artista. Sobre Diego, dizem que era Frida que buscava nas mulheres com quem se envolvia.  A arte engajada e preocupada com os valores e memória do povo mexicano fez com que se destacassem artística e politicamente, fazendo com que fossem reconhecidos no México e no mundo, influenciando as novas gerações de artistas. Entre idas e vindas, o casal reconcilia-se e passa a viver em casas separadas ligadas por uma ponte, Frida morre em 13 de julho de 1954, data que Diego Rivera – que morreria três anos depois – afirmaria ser o dia mais trágico de sua vida. A vida movida pela paixão que Frida e Diego viveram, resultou em uma arte pujante e libertária que poucos são capazes de produzir e compreender.


(por Meg Mamede originalmente escrito para Agenda 12 x 12 - 2014, produto concebido, produzido e comercializado por Ana Camargo Deisgn© todos os direitos reservados)


***

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e comentário. Em breve seu comentário será publicado.

Outras viagens que podem interessar:

Related Posts with Thumbnails