quinta-feira, 6 de maio de 2010

Relatos de viagem: minha nova paixão.

A cada dia que passa quero mais e mais ler as histórias e impressões relatadas pelos mais diversos viajantes deste ou de outros tempos, gente intréprida que por diferentes motivos deixou tudo, ou nada, para trás e lançou-se ao estimulante mundo das viagens, como costumo dizer físicas ou metafísicas, reais ou fictícias, especialmente aqueles que na literatura encontraram uma maneira de fazer com que outras pessoas viajem também, seja através de relatos, novelas, crônicas, personagens ou imagens. Li parte da lista de livros que indico aqui no blog em “livros para viajar”, além de resenhas e comentários sobre algumas das obras, quantos aos autores, alguns deles dispensam apresentação, são universais. Mas é da nova geração de autores que gostaria de destacar um nome: Andrés Neuman, argentino de Buenos Aires, radicado em Granadá onde foi professor de literatura hispano-americana, publicou seu primeiro livro Bariloche aos 22 anos. Lendo El viajero del siglo de Neuman, viajo no tempo e espaço como se estivesse em outra dimensão, cada detalhe da imaginária Wandernburgo e seus habitantes, situada numa Alemanha do XIX – pós-napoleônica – seus habitantes, suas ruelas, seus hábitos e esquisitices me fazem refletir sobre o que nos leva a ficar ou não em determinados lugares. Por que o viajante é como é? Nômade, passageiro, inquieto, passante, um flâneur. O que os move? O que os faz ficar ou partir? Como vêem o outro e a si mesmos? Enquanto Hans vai descobrindo o lugar, as pessoas e o amor, estendendo sua estada sem se dar conta de porque exatamente ficou, lembro da minha própria história aqui em Orduña, com suas ruas estreitas e casas antigas, a estranhice das gentes à primeira vista, ah! e o amor... claro, mas isso é outra história. El viajero del siglo é um diálogo entre a Europa da restauração e os planos de uma União Européia futura, entre a literatura clássica e a moderna, uma visão atual de um passado onde a globalização e todos os temas contemporâneos se fazem presentes em uma argumentaçao cativante. Terminado este que venha o próximo Como viajar sin ver onde o próprio Neuman se converte em personagem, relatando suas experiências e impressões ao largo de uma viagem por 19 países da América Latina e Miami, viagem comparada "como una versión brutal de esos viajes programados, de la modalidad más habitual del turismo contemporáneo", para promover o outro viajante: El viajero del siglo, obra premiada do autor. Essa vertiginosa viagem serviu como uma radiografia em tempo real da América Latina e inspirou o escritor em seu novo trabalho, segundo o qual “tenía una sensación casi mágica de que estaba haciendo záping con el espacio". Bem, sorte dos leitores, sorte a minha que após um período no Brasil pretendo seguir nova viagem e cujo destino coincidentemente será o continente americano, mas precisamente América do Sul e Cuba, ocasião na qual espero conhecer um pouco mais da cultura hispano-americana. Por hora me contento em alimentar meu afã com os relatos de viagem que encontro pelo caminho, para depois quem sabe concretizar o sonho de terminar o meu próprio.

Para saber mais sobre Andrés Neuman e seus livros acesse: http://www.andresneuman.com/

2 comentários:

  1. Meg, estou no seu mailing provavelmente por ser colega do José Roberto na Unisantanna e tb por ter ficado com alguns dos seus DVDs quando vc se foi. O fato é que seu blog é muito legal e estou pensando seriamente em entrar nessa também, só preciso encontrar tempo pra me dedicar a mais esta atividade. Bom, o tempo está aí, o negócio é a gente encontrá-lo, né mesmo? Parabéns, gosto muito dos seus relatos (votei em você!). Abraços do Brasil... DAISE

    ResponderExcluir
  2. Olá Daise, obrigada pela visita e pelas palavras. Pois a hora é agora, comece seu blog e verás, logo o exercicio de escrever se tornará um prazer e o tempo que tenha, seja pouco ou muito lhe parecerá suficiente para dedicar-se a esse bom vício. Ou seria virtude? risos... Bjs.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentário. Em breve seu comentário será publicado.

Outras viagens que podem interessar:

Related Posts with Thumbnails