Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A visita de Lehendakari.


A Europa tem os olhos voltados para os países emergentes, o acrônimo BRIC – criado pelo economista britânico Jim O'Neill em 2001 para referenciar os quatro principais países emergentes do século XXI: Brasil, Rússia, India e China – saltita nos jornais e conferências Europa afora. O Brasil tem se destacado seja por seus recursos naturais, por sua dimensão continental, por seu PIB, seja por conta da política externa do atual governo. A figura singular do presidente Lula da Silva têm ganhado as manchetes por aqui. O Brasil tem figurado na imprensa positivamente tornando-se cada dia mais atrativo. Lendo o jornal EL CorreoEdición de Vizcaya – soube que o atual Lehendakari, equivalente aos nossos governadores de estado, visitará o Brasil em março deste ano, mas precisamente São Paulo, acompanhado de cerca de 90 empresários bascos que interessados em estreitar laços e ampliar seus negócios em S. Paulo farão parte da comitiva de Pátxi López. Mesmo não sendo López homólogo do presidente Lula e sim presidente de governo do País Vasco – Eusko Jaurlaritzako Lehendakari – fala-se da possibilidade de um encontro entre os dois, encontro ainda não confirmado e que vem sendo articulado pelo governo basco. Os interesses são claros, o sentido comercial é categórico e reforçado pela política de expansão de novos negócios e fortalecimento dos já existentes. Empresas como Iberdrola, CAF, Idom e Corporación Mondragón já estão solidamente instaladas na Terra da Garoa, nos dias atuais, terra das fortes chuvas. Essa mesma São Paulo que atraí empresários e investidores estrangeiros, em outros momentos de sua história recebeu imigrantes oriundos da diáspora basca, assim como outras regiões do Brasil e em menor escala se comparada a outros países da América Latina, porém, todos de alguma forma contribuiram com trabalho e com sua cultura para construção desse importante estado brasileiro. O mais célebre deles é nada mais nada menos que um dos fundadores de São Paulo, o padre jesuíta José de Anchieta, nascido em Tenerife, Espanha – filho de pai basco de sobrenome Antxeta e mãe judia, cristã nova –. É certo que a maior concentração de bascos está em São Paulo, chegaram ao Brasil em momentos distintos da nossa história e juntamente com tantos outros imigrantes deram voz, cara, cor e feições ao gigante chamado Brasil.

Aurrera
Brasil!


Comentários

Postagens mais visitadas