sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Onde eu sou feliz.


"A Chegada" oleo sobre tela by_Meg Mamede

Melancolia, tédio, desencontros.
Bad news, mentiras distantes.
Noite mal dormida, calle barulhenta, insônia, olheiras.
Dia nublado, cinzento, mau humor.
Não vejo o Txarlazo, nem La Virgen.
Tento ver o Tejo, mas antes prédios e containeres.
Textos e mais textos, leitura pouco interessante, variações do mesmo tema, linguagem empolada, o método, o conceito e todos os rigores acadêmicos.
Prefiro meus livros de viagem, para viagem e naqueles que viajo.
Prefiro um colchão no chão a uma cama, se, a companhia for boa ou o cansaço extenuante, ou posso trocar por um sofá velho perto do calorzinho de uma lareira.
Saudades da família, daquela que queria estar longe mas da qual quero estar perto.
Coração dividido, Brasil, Espanha, mas nunca Portugal.
Eu já havia esquecido como é viver num caixote, tenho que me readaptar.
Alguns dias desconectada do mundo... wireless em greve.
Incertezas, dúvidas, sempre as escolhas.
Estradas sem sinalização, o que nos induz ao erro.
Vampirismo! Sinto minha energia se esvaindo. Nem centrum dá jeito...risos.
Nossa! Eu ri... Nem tudo está perdido! Há luz no fim do túnel ou quem sabe um comboio.
Outono sem o ocre das folhas dos plátanos no chão, sem o cheiro da chuva no jardim.
Sem Yako ou Toulouse a pedir mimos.
Sem o melhor café do mundo.
Sin la mejor tortilla de patatas del mundo.
Sem as mãos carinhosas de Mamy.
Sem a rabugice do meu Velho.
Sem tantas outras coisas.
Nada e nem ninguém me parece interessante.
Será que estou deprimida?
Creio que seja a TPM chegando.
Verdade, logo será a vez do iboprofeno.
Ah! Dezembro, nunca esperei por você com tanta avidez.
Época do ano em que nada será gris, haverá o branco da neve, o vinho de La Rioja com todos seus tons rojos e todas as cores que os olhos só vêm quando o coração as sente.
Estar lá, onde a vista é sempre bonita, onde o imperfeito é o mais próximo do perfeito que já conheci um dia e tudo é colorido mesmo no inverno.

Lá... Eu sou feliz!

2 comentários:

  1. Isso está me cheirando a amor que não cabe dentro do peito.

    ResponderExcluir
  2. Meg,
    Suas palavras entraram no fundo da minha alma. Nao só posso imaginar, como também posso sentir o que esta acontecendo ai dentro de você....é saudade, é amor, é afeto, é carinho, é amizade. Tranquila, Dezembro chegará com tantas coisas que celebrar.....Julho chegara com tantas etapas concluidas, tantos sonhos realizados. O futuro chegará, com todas as suas conquistas e espero que você esteja forte para saborear-las uma por vez. Saudades mil amiga!!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentário. Em breve seu comentário será publicado.

Outras viagens que podem interessar:

Related Posts with Thumbnails