Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Parapente em Orduña.

Cartaz da 6ª Edição do Festival Aéreo Internacional de Orduña.

Desde que cheguei em Orduña, ademais dos plátanos que me encantam, a vista do Txarlazo e do Monte Santiago, ambos parte da chamada Sierra Salvada, sempre me fazem olhar às alturas e admirar a beleza do entorno. Ao sair da cidade e ao retornar, meus olhos buscam a imagem da Virgen de La Antigua, cravada com seus 25m de altura em um dos pontos do Txarlazo e me sinto em casa. Além disso, os dias de céu azul e bons ventos nos presenteiam com um espetáculo à parte, desde os balcões e janelas da Casa Llaguno podemos ver o balé de parapentes, às vezes até balões, colorindo o céu da cidade. Não contente em somente vê-los, tive que ir até onde pousam, para em seguida voar. Experiência inesquecível. Orduña é parada obrigatória para os apaixonados por esportes aéreos e todos os anos sedia um Festival Aéreo Internacional. As vistas lá de cima são de tirar o fôlego. A primeira vez que voei aqui, foi com o Joseba (competente parapentista da região), deixei o estômago nas alturas, gritei, senti o vento na cara e a uma sensação de liberdade indescritível. Há pouco mais de um mês aconteceu a 6ª Edição do Festival Aéreo, desta vez não pude aproveitar porque estava em Barcelona, mas, me lembro da edição anterior que aconteceu dias depois do meu vôo e cujo slogan “Vuela con Corazón” levo estampado em uma camiseta que ganhei de presente. A seguir veja um pouco da beleza de Orduña e o que rolou no “Volando voy, volando vengo” Orduña 2009.

Comentários

Postagens mais visitadas