sábado, 27 de dezembro de 2008

Lembranças de Natal

Para mim as lembranças de Natal se confudem com as de meus aniversários. Quantas foram as vezes em que cantei jingle bells junto a um panetone e como disse em outro post ganhei um presente só de aniversário e Natal. Nada que anos de terapia não aliviem, mas não foi preciso recorrer ao divã pois não me faltou amor e carinho, presentes esses insubstituíveis.

Muitas são as lembranças... casa cheia, meus primos e eu brincando, a árvore de Natal decorada com bolinhas de vidro coloridas, os adultos encarregados da Ceia de Natal e outros detalhes, enquanto as crianças só pensavam nos presentes que o "bom velhinho" ia lhes deixar. Quem não colocou o sapatinho na janela quando criança para receber presentes? Eu fiz isso até descobrir que quem os deixava era meu pai, até porque nem sempre eu recebia o presente pedido... talvez por erro na logística noelina ou melhor dizendo o pouco dinheiro para tantos presentes - éramos cinco - assim que a ilusão não durou muito, mas nem por isso os Natais foram menos felizes.


Lembro-me que quando fiz 4 anos, fizeram uma festa de aiversário na casa dos meus avós paternos em Salesópolis, um bolo grande com aquele glacê feito com gordura hidrogenada e confeitos coloridos, que mais pareciam bolinhas de chumbo (risos)... Mas era tudo lindo! As garrafas de maçãzinha - um tipo de tubaína - dispostas à mesa, pãezinhos com mortadela, isso mesmo a boa e velha mortadela, muita alegria e um fotógrafo vestido de Papai Noel, figura assustadora, quase bizarra, tanto que nós - meu irmão, meus primos e eu - nos metemos embaixo da mesa e só saímos quando o tal fotógrafo tirou o traje.

Enquanto alguns medem os anos em primaveras eu posso dizer que tenho 40 Natais. Natais passados entre reuniões de família, viagens ou mesmo sozinha. Este ano foi especialmente diferente junto a família Muguruza, um Natal longe de casa mas muito alegre. Os bascos são distintos dos espanhóis inclusive no Natal, têm uma personagem típica dessa época que nos remete ao nosso "bom velinho" contudo nada se parece ao Papai Noel, trata-se de Olentzero figura bonachona, um pouco desalinhada que leva os presentes às crianças - personagem da festa que celebra o solstício de inverno, anterior a cristianização do País Basco e que foi convertido pela Igreja Católica em mensageiro do Natal - levando a boa nova aos lares bascos.


Na noite do dia 24 voltei à infância colocando um sapato junto da lareira e esperando um presente de Natal. Na manhã seguinte estava na cama com as meninas, Nerea e Ainhoa estavam ansiosas por ver o que Olentzero lhes havia deixado, tanto que não esperaram Joseba chegar para descer e ver os presentes. Eu ganhei uma linda jaqueta de lã muito bonita e quentinha, as meninas os jogos para Nintendo que tanto desejavam e Joseba um livro. A nota deixada por Olentzero dizia que todos se comportaram muito bem durante esse ano e por isso todos mereciam presentes. Pensando bem, eu recebi um presente antecipado ainda em abril quando decidi viajar para o País Basco, creio que esse me foi dado pelo Papai Noel compensando todos os outros anos de vida em que recebi um único presente de aniversário e Natal (risos).


Agora aos 40 decidi que não faço mais aniversário faço Natal... e como disse uma amiga "disputo as festas com o Salvador" e assim divido com ele o panetone, o peru, os amigos, a família e entendo quando muitos não podem estar presentes nesta data. Afinal compreendi que o mais importante é como celebramos a vida e como renascemos dia após dia.

* Olentzero imagem extraída de: www.nazaretzentroa.com
** Papai Noel, imagem extraída de: www.ahiva.info

3 comentários:

  1. AMIGA,
    Amei a sua fotinho com as tubaínas.... devia estar uma delícia essa festinha, hein!!! Como é gostoso ser criança, né!!!
    E obrigada por compartilhar conosco aqui do outro lado do Atlântico um pouco da cultura desse lindo lugar que te acolheu!!! Que esse bom velhinho com nome esquisito lhe traga muitas boas notícias todos os dias de 2009.
    beijos com carinho,
    Lika

    ResponderExcluir
  2. Meg,
    Achei muito engraçado o comentário das bolinhas de chumbo...hehehe. Me fez lembrar os meus bolos de aniversarios da infância. Assim mesmo, na minha época ainda nao tinham modernizado o sistema, rss.
    Adorei ler o seu blog e fico feliz de saber que o Ollentzero passou por aí...aqui ele nao apareceu...Talvez por que nao montamos a arvore de natal, ou talvez porque ele ainda nao atualizou o banco de dados com nosso novo endereço..rss
    Vamos ver se os Reis Magos deixam algo junto com o Roscón de Reyes...
    Bjossss

    ResponderExcluir
  3. Desde ya, un feliz año 2009. Espero que la competencia que has tenido con el niño Jesús haya sido positiva (no sabía que tu cumpleaños coincidía con navidad)

    Un fuerte abrazo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentário. Em breve seu comentário será publicado.

Outras viagens que podem interessar:

Related Posts with Thumbnails